14 de set de 2011

Treinando escrita e fala do Esperanto

Se você que está estudando Esperanto e está querendo praticar sua escrita e pronúncia, colocar o que aprendeu em prática, acelerar seu aprendizado, conhecer novas culturas e obter informações interessantes do mundo todo conversando com pessoas do mudo todo, faça seu cadastro nos servidores Jabber/XMPP para poder "teclar" com esperantistas iniciantes e experientes no uso desse idioma fantástico.

Para usar é muito simples, faça uma conta no servidor Jabber.org e Jabber-br.org

Depois, usando o cliente Jabber (programa estilo MSN) acesse os servidores com seu usuário e senha, entre na sala Esperanto e comece a conversar.

Cilentes Jabber/XMPP para acesso ao bate-papo - Eu aconselho o uso do clientes Pidgin, Coccinella, Empathy ou Jitsi, para quem usa MAC Adium ou Pandion para quem usa Win, porém a lista é grande e os clientes possuem diferentes opções, níveis, aparência, uns suportam audio e vídeo e outros não.

Além de bater papo, se você achar pessoas que queiram, poderá usar o suporte a audio e video se o cliente que escolher suportar ou até mesmo conferência.

Criar conta em Jabber.org (Sala de caracter internacional, pessoas de todo o mundo) - Escolha um usuário e senha, escreva corretamente o código de segurança que aparece e depois confirme, pronto, já pode acessar a sala Esperanto via desktop ou web.

Criar conta em Jabber-br.org (Sala voltada para falantes de português, mas nada impede o acesso de outros idiomas, essa é a beleza do Esperanto! :D) - Crie a conta através do cliente que você escolher, escolha o respectivo servidor na lista que é fornecida ou escrevendo o endereço do servidor onde for requerido, escolha seu nome, sua senha e então confirme.

As salas em questão são esperanto@conferece.jabber.org e esperanto@conference.jabber-br.org

Qualquer dúvida, é só deixar um comentário, esperamos você lá.

Tutorias em vídeo:
Tutorial Pidgin - Pidgin 2
Tutorial Coccinella - contatos
Tutorial Miranda
Tutorial Pandion
Tutorial Psi
Tutorial Adium

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário